Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

letras de liberdade

Blog com letras minhas e letras das leituras que vou fazendo.

letras de liberdade

Blog com letras minhas e letras das leituras que vou fazendo.

 

“O dia que deve vir parece maior que o ano que passou.”

 Thomas Fuller

 

 

 

 

 

Já não consigo dormir,

Do Sol ainda nem sinal

Não sei se ainda sei onde ir…

Longo dia, mais um infernal!

 

O mal-estar aumenta

Já nada do que fui sou

Até a Chama que me sustenta

Desapareceu, sumiu, acabou…

 

Procuro a Chama perdida

Dizem-me que ela me chama

Mas eu não a vejo ainda

Continuo preso a esta cama

 

O Sol dá o primeiro raio

A beleza nasce de novo

É um belo dia de Maio

Já se ouve o rebuliço do povo!

 

Mas eu continuo sem saber

Por onde anda a Chama minha

Tudo faço para a voltar a ter,

Para voltar a ter a Vida que tinha.

 

Sem saber mais que fazer

Procuro no Tempo a explicação,

Sei que ele tem algo para me dizer

Dele sei que não ouvirei um não!

 

Tempo diz-me: “Porque falhei?”

“Falhas-te por não teres falado…”

(Oh foi por isso, eu já sei que sei)

“Esse é sempre o meu pecado!"

 

 

5 comentários

Comentar post