Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

letras de liberdade

Blog com letras minhas e letras das leituras que vou fazendo.

letras de liberdade

Blog com letras minhas e letras das leituras que vou fazendo.

 

 

Ordeiramente

Segue Formiga

Sem nada em mente

Canta o Pardal

Nota afinada

E Formiga a tal

Continua alinhada

Nada a perturba

E sua visão

Turva

Curva

A imensidão

Deste Mundo

Mas certo segundo

Cai a gota

E Formiga

Perde-se da amiga

Tonta

E desesperada

Senta-se e apos

Uma gargalhada

Grita

Gota bendita

Tornaste-me louca

E maldita

Mas agradeço-te

Porque agora

O Pardal

Que aqui mora

Eu escuto